Em busca do caos perfeito

Sempre fui desorganizada na minha vida. Ponto. Isso é realmente inquestionável

Untitled design

E de forma recorrente neste blog eu venho compartilhando com vocês a minha jornada para organizar diferentes partes e aspectos da minha vida. Essa experiência, juntamente com outros relatos de experiências que encontrei na nessa busca me fizeram chegar a algumas conclusões:

  • Não existe uma regra universal sobre o que é certo

Cada um deve saber o que é melhor para si. Você não precisa ter só 37 peças no seu guarda-roupa, ou tomar suco verde todo dia, ou ter uma horta de temperos orgânicos em casa. Cada pessoa deve saber das suas condições e limitações pessoais.

  • O conceito de felicidade é totalmente subjetivo

Ou o conceito de liberdade, ou o de perfeição. Não é porque alguém viaja para os sete cantos do mundo, ou faça ioga numa praia paradisíaca, que isso signifique que essa pessoa seja totalmente feliz (vide comentário anterior). Felicidade pode ser abrir aquele livro velho que fez diferença na sua vida, liberdade pode ser conseguir morar sozinha.

  • Planejar é cansativo, mas necessário

Para conseguir o que se quer é necessário uma boa dose de paciência e disciplina para fazer um planejamento objetivo e consistente. Parece papo de professora da quinta série, mas é verdade. Não é possível chegar a algum lugar sem saber que caminhos o levarão até lá.

  • Quando você passa a se preocupar todo hora com alguma coisa é sinal de que algo está errado

Existe uma diferença entre preocupação e obsessão. Quando alguma coisa passa a tomar todo o espaço da sua cabeça e quando você não consegue parar de pensar nela a ponto de se estressar por nada, isso é um sinal de que você deve parar e refletir se está realmente tomando o rumo certo. Ou simplesmente parar, ir ao cinema, tirar um tempo para ficar com a cabeça vazia. Relaxe e depois esteja recuperado para tomar as decisões certas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s